Todo criador de conteúdo deve saber aplicar técnicas de copywriting em seus textos. Afinal, copywriting é um conjunto de estratégias para produção de conteúdo que visa convencer o leitor a realizar uma ação.

Se você está interessado em melhorar sua redação de conteúdo para blogs, veja em mais detalhes o que é copywriting e como você pode usá-lo em seus textos para blog.

O que é copywriting?

Basicamente, o copywriting é uma estratégia de criação de conteúdo em que o texto deve ser pensado para converter em resultados.

Por exemplo: se seu foco é vender mais com seu e-commerce, utilizando as ideias de Inbound Marketing, as postagens do seu blog devem atrair tráfego para sua loja virtual e convencer o leitor de que ele precisa do seu produto.

Criado por Noah Webster em 1828, o termo “copywriting” teve o conceito modificado ao longo do tempo. Porém, desde o início, a ideia central é ser “algo original que deve ser imitado na escrita e na impressão”.
Antes de entrarmos em mais detalhes, é importante compreender o seguinte: copywriting e redação publicitária não são a mesma coisa!

Enquanto a redação publicitária produz um anúncio de venda suave, a estratégia de copywriting busca persuadir fortemente o leitor, principalmente através do uso de CTAs — as famosas Call To Actions, ou “chamadas à ação” — ao longo do texto.

Como usar o copywriting no meu blog?

Antes de aplicar de fato a estratégia em seu blog, é importante que você tenha alguns conceitos iniciais bem definidos. São eles:

  • definir seu público-alvo;
  • estabelecer o tom e a linguagem correta para seu público;
  • pensar em títulos impactantes e que de fato chamam atenção;
  • definir formas de criar conexões com o leitor ao longo do texto;

Após esses primeiros passos, com sua base bem planejada, fique atento ao que não pode faltar para o seu texto estar dentro das estratégias de copywriting:

  • apostar no uso de verbos de ação;
  • utilizar números e pesquisas;
  • responder possíveis dúvidas do leitor ao longo do conteúdo;
  • foco em persuadir o leitor;
  • fazer perguntas cuja respostas são positivas;
  • dar ênfase ao principal tópico do texto;
  • vender os benefícios e experiências do seu produto ou serviço.

Muita coisa? No início pode parecer difícil, mas quanto mais você escreve e treina, mais fácil vai ficando, e assim, a chance de criar o copywriting perfeito fica cada vez mais próxima.

Só é importante pontuar que, para você se tornar um bom copywriter e produzir materiais de excelência, precisa desenvolver algumas habilidades e competências além da pura aplicação da estratégia no texto. São elas:

  • estimular a criatividade;
  • criar autoridade;
  • ser persuasivo;
  • ser objetivo.

Com isso em mente, fica mais fácil se adequar às formas de escrever desta estratégia, tornando seus conteúdos mais relevantes e funcionais para trabalhar com Inbound Marketing.

Apesar do conceito ser tranquilo de entender, o copywriting não é fácil como parece e exige muito treino e vontade de aprender mais. Para ajudar você nessa trajetória, vamos publicar mais conteúdos sobre o tema, falando sobre os pilares do copy e como utilizá-los.

Acompanhe nossas postagens semanais e aprenda mais! Toda sexta-feira tem novidade de conteúdo por aqui. 🙂

Até a próxima!