O que é benchmarking e qual a relação disso com um blog? Bom, a maioria dos profissionais de marketing sabe que criar um blog é parte fundamental em uma estratégia de Inbound Marketing.

Mas, com que frequência é preciso publicar conteúdo para atingir resultados significativos? Além disso, como isso varia entre empresas menores e maiores? Essas perguntas, e muitas outras, podem ser respondidas com um trabalho de benchmarking.

Leia também: qual o papel estratégico do blog no marketing digital?

O que é benchmarking?

O benchmarking é o processo de medir o desempenho dos produtos, serviços ou processos de uma empresa em relação aos de outras empresas que são consideradas as melhores do setor.

O objetivo do benchmarking é identificar oportunidades internas de melhoria. Ou seja, estudando empresas com desempenho superior, detalhando o que possibilita esse desempenho e comparando esses processos à maneira como a sua empresa opera, você pode implementar mudanças que produzirão melhorias significativas.

No caso que estamos tratando aqui, usando o benchmarking para criar um blog, os alvos de comparação não são os produtos ou serviços de outras empresas, mas justamente os indicadores e resultados dos conteúdos publicados.

O que devo analisar no benchmarking entre blogs?

Usando o Google Analytics e outras ferramentas para análise de sites, você pode extrair diversos dados super importantes para a criação (ou a melhoria) dos resultados do seu blog.

Tudo depende dos objetivos que você pretende alcançar com a sua estratégia de marketing. Seria atrair mais visitantes? Gerar leads qualificados? Aumentar as vendas? Logo, você precisa estabelecer seus KPIs antes de começar a olhar para os números dos concorrentes.

Entenda aqui no Blog de Marca o que é KPI e o que acompanhar no seu blog

Porém, de forma geral, existem pelo menos dois indicadores importantes para quem começa a usar o benchmarking em um blog:

Frequência de postagens x tráfego do site

O número de blogposts publicados mensalmente impacta na quantidade de tráfego que o site recebe. Essa é uma percepção que nem todo mundo tem no início e, por isso, muitos blogs demoram a estabelecer uma frequência de postagens e a apresentar resultados.

Se você comparar os dados de Benchmarking a respeito da frequência de postagens, verá que as empresas que publicam 15 vezes* ou mais por mês recebem um número de visitantes bem mais expressivo do que aquelas que têm frequência inferior.

Ou seja, para quem tem uma pequena empresa ou está recém iniciando um blog, os dados apontam que é interessante publicar regularmente para ver o negócio alavancar mais rápido.

Veja 5 maneiras de atrair mais visitas (tráfego) para seus conteúdos

Frequência de postagens x geração de leads

Outra informação interessante para análise em um trabalho de Benchmarking entre blogs é a relação entre a frequência de postagens e a geração de leads.

Pesquisas apontam* que aumentar a frequência de posts de 3 a 5 vezes por mês para 6 a 8 vezes por mês pode dobrar a quantidade de leads gerados.

Além disso, as empresas que publicam apenas uma ou duas vezes por mês no blog podem gerar 70% mais leads* do que aquelas que não têm blog nenhum.

*Esses são alguns dados levantados em um relatório do Hubspost. Mas, o ideal é que você extraia números e parâmetros com seu Benchmarking próprio. Para isso, considere empresas de porte e setor semelhantes à sua.

Conclusão

O Benchmarking pode ser uma tática poderosa para aprimorar sua estratégia de conteúdo para blog e atingir os melhores resultados dentro do seu segmento.

Porém, também pode ser desastroso se você analisar os dados errados. Por isso, o primeiro passo é explorar o Google Analytics, excluir as métricas que não são úteis e focar nos indicadores importantes para sua empresa.

Se você quiser entender melhor sobre o assunto, confira outros conteúdos aqui no Blog de Marca que ensinam como analisar um blog. Por exemplo: como fazer uma análise da concorrência digital de seu site?