O primeiro passo para saber quando usar os termos da long tail é entender bem do que se trata esse conjunto de palavras-chave.

Então, primeiro vamos te mostrar o que é a long tail, com vários exemplos, e depois mostrar a aplicação dela em blogs!

O que é long tail?

Long tail é o termo usado para definir palavras-chaves que são mais específicas, que demonstram uma intenção muito mais clara do que o usuário espera em sua busca.

Exemplo: tênis

Você consegue saber a intenção do usuário que digitar a palavra-chave acima? Ele pode querer um tênis esportivo, casual, feminino, masculino…ou talvez ele nem queira comprar um tênis ainda, mas sim algumas dicas de qual tênis comprar.

Exemplo: tênis para corrida feminino

Fica muito mais claro a intenção do usuário que digitou o termo acima, certo? Pelo menos dois fatores bem importantes nós já sabemos: essa pessoa procura um tênis com visual mais feminino e que seja feito para corrida.

São essas buscas com intenções fáceis de identificar que são consideradas palavras-chave long tail.

Gráfico Long Tail e volume de busca

Long tail, head tail ou mid tail?

A definição mais comum é a seguinte:

  • Head tail são palavras-chave com grande volume de busca e genéricas.
  • Long tail são palavras-chave com pouco volume de busca e específicas.

Essa é uma verdade, mas nem sempre bem compreendida. Em geral, os termos head tail costumam ter maior volume de busca justamente por serem mais genéricos. Mas isso não quer dizer que a long tail tenha pouco volume sempre.

Por exemplo, o termo que usamos acima, “tênis para corrida feminino”, tem 6.600 buscas mensais. Não é pouco. Porém, comparado a “tênis”, que tem 450.000 de volume, aí sim pode parecer absurda a diferença.

Outro ponto é a briga entre termos genéricos e específicos. Por exemplo, “unhas” e “unhas decoradas”. A última opção deu um pouco mais de direcionamento sobre o que o usuário busca, mas ainda assim fica muito vago. Nesse caso, as duas são head tail?  Sim!

Alguns profissionais utilizam o termo “mid tail” para classificar essas palavras que geram confusão entre head e long. Mas, no final das contas, a forma mais fácil de entender é:

Ficou claro para você o que o usuário está buscando? Se sim, long tail.

Quando usar palavras da long tail em conteúdos de blog?

Em qualquer estratégia de marketing digital focada em posicionar bem no Google (SEO, links patrocinados, conteúdo…) a long tail serve para:

  • conseguir leads mais qualificados: afinal, pode escolher termos da long tail que demonstrem exatamente que o usuário procura por uma solução que você vende;
  • atingir o público com maior potencial de conversão: como fica mais clara a intenção dos usuários na long tail, é mais fácil levar a ele o que precisa;
  • menos competição: a long tail é recheada de palavras que não são tão competitivas (difíceis de posicionar bem), o que é um ponto de partida para novos negócios na internet.

Esses motivos também se aplicam em uma estratégia de conteúdo. Para blogs que ainda são novos e possuem pouca autoridade, o ideal é apostar na long tail para conseguir posicionar bem. Além disso, é uma forma de já tentar vender através do blog logo no início do projeto.

Pense que é muito melhor ter vários conteúdos focados em termos long tail posicionando na primeira página do Google do que o mesmo número de conteúdos focados em head tail que não aparecem.

Os termos long tail também podem ser bem explorados nas etapas de meio e fundo de funil, porque geralmente eles expressam uma intenção mais inclinada a conversão.

Emojin PensativoSe a visão das etapas do funil dentro de um blog ainda é novo para você, sugerimos a leitura do nosso guia sobre marketing de conteúdo. Lá tem todo o processo dessa estratégia, da forma mais descomplicada possível.

Continuando: outra forma de usá-las é em estratégias de post satélite. Exemplo:

Você criou para seu blog um post sobre marketing digital, que é uma head tail. Para aumentar a autoridade desse conteúdo (o que ajuda a posicionar melhor).

O ideal é criar vários outros conteúdos focados na long tail e que tenham um link para ele. Como marketing digital para e-commerce, marketing digital para pequenas empresas, cursos de marketing digital, etc.

Conclusão

Os termos da long tail são ótimos para criar conteúdos mais direcionados ao público com potencial de compra. Também, para blogs que estão no início e ainda tem pouca autoridade para competir por buscas maiores.

Lembrando que o melhor da long tail é a atração de leads qualificados e mais chance conversão para um produto ou serviço dentro da parcela de busca.