O funil de conversões para blogs é um conceito que deve ser bem conhecido por todos criadores de conteúdo, certo? Aqui mesmo, no Blog de Marca, já explicamos o que são e como planejar as três etapas do funil (topo, meio e fundo de funil).

Porém, é comum que muita gente ainda não saiba exatamente como utilizar o blog no fundo de funil — ou seja, como efetivamente transformar leads em consumidores. E essa dúvida é pertinente, afinal, isso depende de cada caso.

Se você tem essa dúvida , que tal explorar um pouco mais as possibilidades e estratégias para arrasar com seu blog no fundo de funil?

Vem comigo!

Em primeiro lugar, analise seu material de vendas

Antes mesmo de fazer seu planejamento para o fundo de funil, você precisa avaliar o material de vendas que já existe no seu site e nos outros canais que possui.

Esse passo é fundamental, afinal, se você não sabe o que dá para aproveitar, o que tem que ser modificado e o que precisa criar do zero, fica difícil ter uma noção clara de como utilizar o blog no fundo de funil.

Portanto, olhe para seu site e faça as seguintes perguntas:

  • os produtos têm boas descrições?
  • as informações são relevantes e ajudam o usuário no momento da compra?
  • os produtos estão divididos por categorias para facilitar a navegação?
  • as imagens são atrativas e de boa qualidade?
  • os preços e ofertas dos produtos estão bem destacados e visíveis?
  • seu site tem bons CTAs e landing pages para a conclusão da compra?

Faça essa análise, identificando os pontos fortes e fracos do seu material de vendas, antes de seguir para os próximos passos.

Material ruim? Utilize o blog a seu favor!

Ok, você concluiu a etapa anterior e percebeu que o material do seu site de vendas não é muito bom…E o pior: você não tem autonomia para mudá-lo. O que fazer?

Bem, essa é a hora de ativar sua criatividade, pensar no conteúdo para blog como estratégia de conversão e criar um material de vendas matador!

Aqui você deve falar o máximo possível sobre o produto ou a solução que sua empresa oferece —  afinal, o foco é converter o lead em comprador —, mas sem forçar a barra, ok? A ideia é educar o consumidor e deixar ele tomar a decisão por conta própria!

Materiais ricos, como os e-books, são uma ótima pedida para o fundo de funil, já que trazem detalhes e informações aprofundadas sobre o produto e a empresa.

Outro tipo de conteúdo que funciona super bem nessa etapa são os artigos com reviews de produtos e avaliações da empresa (por exemplo, Televisão Samsung é confiável?). Antes de tomar uma decisão de compra, muitos consumidores procuram por esses temas!

Material bom? Trabalhe a linkagem!

Agora, se o material de vendas do seu site já é bom (ou se for possível melhorá-lo), você tem meio caminho andado! Aqui, o blog já não é mais o protagonista da estratégia de fundo de funil, mas um coadjuvante.

Nesse caso, a ideia é focar nas postagens de topo de funil para atrair tráfego e de meio de funil para direcionar esse tráfego para as páginas de vendas.

Para qualificar seus leads e fazer eles chegarem até os conteúdos de fundo de funil (que vão transformá-los em clientes efetivamente), você já sabe: é obrigatório fazer bons CTAs e investir nos links internos.

Lembre que, além de direcionar os usuários para conteúdos estratégicos e fazer eles se moverem pelo funil, a linkagem ajuda a impulsionar suas páginas de vendas e a ganhar autoridade no Google!

Conclusão

O fundo de funil é a etapa mais delicada em uma estratégia de conversão de vendas para blog. Afinal, é o momento de ganhar o cliente com inteligência e sutileza!

É por isso que é tão importante analisar seu material de vendas e planejar bem o conteúdo que você vai produzir. Pensar estrategicamente essa etapa vai fazer toda a diferença nos números das suas vendas.

Bem, agora chegou a hora de testar as dicas desse artigo e analisar os resultados. Depois volte para nos contar o que achou. Boa sorte! 😉

Antes de ir embora, que tal ver os tipos de conteúdos mais indicados para converter em vendas?