Como estruturar um blog empresarial para conversão? Há vários detalhes aos quais você deve ficar atento na hora de montar seu blog.

A verdade é que não adianta publicar conteúdo para blog como estratégia de conversão em um site disfuncional e esperar que bons resultados apareçam.

Se a estrutura não estiver organizada de forma a guiar o usuário para conversão, a estratégia de conteúdo se perde.

Ok, mas como fazer isso? No post de hoje trago algumas dicas importantes para te ajudar a estruturar um blog corporativo e favorecer a conversão de seus serviços. Confira logo abaixo!

Antes, vamos relembrar a função do blog no funil de conversão

Pense no seu blog corporativo como uma sala de exposições. Ele não é o lugar onde as pessoas compram produtos ou contratam seu serviço diretamente, mas é onde elas aprendem sobre você, veem o que tem a oferecer e decidem se desejam ou não se envolver com você.

No entanto, muitas empresas tratam seu blog como um repositório de conteúdo, e não como a valiosa ferramenta de geração de leads que ele realmente é.

Isso é um desperdício, porque as pessoas que visitam um blog representam um público cativo que está interessado no que você tem a dizer. E isso significa que elas estão no caminho para a conversão, que neste caso pode ser:

  • Inscrever-se na sua lista de e-mails;
  • Clicar em uma oferta em seu blog;
  • Receber redirecionamento de anúncios posteriormente.

Dito isso, é claro que a estrutura do blog empresarial desempenha um papel muito importante na estratégia de conversão. Como comentei antes, a estrutura serve como um guia para direcionar o leitor à ação que se espera dele.

E essa estrutura é o que chamamos, no marketing, de funil de conversão (e você pode aprender mais sobre a estrutura dele e como funciona no link acima).

Além do funil, a boa notícia é que a maioria dos blogs de sucesso geralmente usa a mesma configuração comprovada. Vamos ver como ela funciona?

5 etapas para estruturar um blog empresarial para conversão

1 – Comece pelo cabeçalho

O cabeçalho fica no topo do blog corporativo e contém a barra de pesquisa, seções que categorizam os conteúdos e links para mídias sociais.

Todos os sites possuem cabeçalho e os visitantes o utilizam para navegar mais facilmente pelo seu blog. Portanto, não deixe de incluí-lo!

2 – Use barra lateral

Todo blog de alta conversão usa uma barra lateral (sidebar), porque é a única área em que você pode colocar elementos consistentes de geração de leads.

O motivo é simples: as pessoas leem da esquerda para a direita e nossos olhos frequentemente param na barra lateral. Portanto, é o lugar perfeito para fazer ofertas.

Blogs que não usam barras laterais estão perdendo uma enorme vantagem e, literalmente, jogando dinheiro fora.

Então, é fundamental que você promova seu serviço da melhor forma na barra lateral. Se você vende um produto físico, também deve usar esta área para divulgá-lo.

Aprenda aqui no Blog de Marca como organizar a sidebar para torná-la chamativa.

3 – Foque na área do conteúdo

A área de conteúdo inclui o conteúdo efetivamente —  artigos ou vídeos. Muitas vezes essa área é negligenciada em seu potencial de geração de leads, mas isso é um erro, porque é aqui que os clientes em potencial estarão olhando com mais frequência.

Os produtos ou serviços podem —  e devem —  ser oferecidos a partir da área de conteúdo. Você pode colocá-los dentro das próprias postagens ou abaixo da postagem.

Se você tem um E-commerce, é absolutamente necessário vincular seus produtos nas postagens do seu blog. Leitores dos blogs de comércio eletrônico estão realmente interessados nos tipos de produtos que você está vendendo.

Ou seja, não oferecer produtos a eles é como convidar compradores para uma loja com prateleiras vazias.

4 – Lembre do rodapé

O rodapé do blog é outra parte frequentemente negligenciada. Porém, os usuários costumam rolar até o rodapé para encontrar informações da empresa.

Portanto, este é um local natural para mostrar uma oferta. Nesse caso, a oferta deve ser mais sutil, simplesmente porque o espaço está mais cheio.

5 – Incorpore ferramentas de captura de lead

Existem várias ferramentas que oferecem funcionalidades para captura de leads. A instalação deles é simplesmente uma questão de adicionar algumas linhas de código ao seu site ou, se você estiver usando uma plataforma como o WordPress, instalar alguns plugins.

Veja quais Plugins WordPress que não podem faltar em um blog!

E aí, anotou todas as dicas? Reserve um tempo para se dedicar à estrutura do seu blog empresarial e pense com cuidado em cada uma destas etapas.

Após este esforço, garanto que os resultados em conversão de seus serviços ou produtos vão se tornar muito mais expressivos. Bom trabalho, e até logo! 🙂