Ao escrever um artigo para a internet, pensar com cuidado nas palavras-chave é muito importante. A pesquisa bem feita e a correta aplicação das palavras-chave ao longo dos textos são o que levará o usuário dos mecanismos de busca da internet para o seu blog, site ou rede social e, apesar disso, muitos redatores ainda não sabem ou não dão a atenção devida para o uso desses recursos.

Neste post, vamos abordar a diferença entre palavras-chave do tipo head, mid e long tail e as principais ferramentas que você pode usar para ter sucesso no seu planejamento de conteúdo através da pesquisa de palavras-chave.

Diferença entre head, mid e long tail

Head, mid e long tail dizem respeito à diferença de palavras que devemos usar no texto dependendo do estágio do funil em que ele está. Como você deve imaginar, as palavras-chave head dizem respeito ao topo do funil, mid ao meio e long tail ao último estágio, o fundo de funil.

As head tails tem a obrigação de atrair o cliente, por isso são importantíssimas na pesquisa de palavras-chave. Você precisa entender o comportamento do cliente para, a partir daí, criar as head tails. Nesse caso, aconselha-se usar palavras abrangentes. A concorrência será grande, porém o volume de buscas é constante e recorrente.

As palavras-chave mid são usadas em conteúdos do meio do funil. Nessa etapa, a empresa deve aparecer com as soluções. É a hora de convencer o cliente de que o seu produto é o melhor.

As head tails falam sobre o último estágio do funil. As palavras-chave serão mais compridas, geralmente com três palavras, formando uma frase. Agora é a hora de você ser específico e evitar cometer erros, pois a fidelização do cliente depende desse ponto.

Ferramentas para ter sucesso na pesquisa de palavras-chave

As palavras-chave são fundamentais para o sucesso da estratégia de Marketing Digital. Para te ajudar, separamos algumas ferramentas, pagas ou gratuitas, que vão te ajudar no processo de definição das palavras-chave que serão usadas nos seus conteúdos.

Google Keyword Planner

É a ferramenta mais amplamente usada para pesquisas de palavra-chave. O Keyword Planner fornece estatísticas, volume de pesquisa e custo médio estimado para promover seu conteúdo para determinada palavra-chave por clique, caso investir em mídia paga esteja nos seus planos. Muito útil para as fases iniciais do planejamento, principalmente brainstorming.

SEMRush

Além de saber as palavras-chave mais buscadas, com o SEMRush você consegue saber quais sites aparecem nos primeiros resultados do Google para cada uma delas. Ou seja, é possível saber muito mais sobre os seus concorrentes, obtendo informações como o quanto eles investem por mês e o volume de tráfego em seus sites.

Ubersuggest

Ubersuggest é uma ferramenta de sugestão de palavras-chave que utiliza dados do Google e outros buscadores. Você coloca o termo que está pensando e adiciona uma letra ou número na frente para extrair sugestões. É bastante útil para pesquisas de palavras-chave long tail.

Preenchimento automático do Google

Você digita uma palavra ou frase no Google e previsões de busca semelhantes ao que você está procurando aparecem na caixa de pesquisa. O preenchimento automático é baseado em quantas vezes o termo já foi pesquisado. Bacana, não é? Muitas pessoas utilizam esse recurso e ele é especialmente útil para definir palavras-chave long tail.

Para finalizar, é importante ressaltar que na hora de escolher as palavras-chave, deve-se considerar fatores como o volume de buscas, a intenção da persona, resultados semelhantes na SERP, equilíbrio entre head e long tails, dificuldade da palavra-chave, entre outros.

Lembre-se de que a ideia é produzir conteúdo para resolver um problema ou dúvida dos seus leitores, ou seja, não escolha palavras simplesmente por volume de busca, considere todos os aspectos.

Como vimos, escolher palavras-chave é um passo fundamental na produção de conteúdo direcionado para sua persona, por isso, invista tempo nesse passo e faça testes nas ferramentas de planejamento disponíveis.

E aí, gostou das nossas dicas? Seu objetivo é atrair mais tráfego para o seu site ou blog? Então saiba se vale a pena contratar uma agência de conteúdo para te auxiliar no planejamento!