Procurando meios para melhorar os resultados da sua marca na web? Já usa as redes sociais para isso, mas ainda não entendeu muito bem como melhorar o tráfego orgânico? Ou ainda está começando a se aventurar em marketing digital? De qualquer forma, a melhor maneira de começar é entender mais sobre métodos de Search Engine Optimization, ou melhor, o famoso SEO.

Assim como existem boas práticas de SEO, também temos aquelas que devem ser evitadas, por isso é essencial compreender a diferença entre elas. É aí que entra o conceito de Black Hat SEO!

Neste post você vai entender um pouco mais sobre Black Hat SEO e como evitá-lo para criar conteúdos digitais de forma limpa e que gerem maior alcance da sua página pelos mecanismos de busca.

O que é Black Hat SEO?

Quando as páginas web começaram a ser classificadas de acordo com um pagerank a partir do uso de algoritmos específicos em seus códigos, tornou-se importante compreender o que é SEO. O Search Engine Optimization parte do princípio que as páginas serão mais facilmente encontradas por mecanismos de busca se utilizarem algumas regras de otimização (de conteúdo e código).

Existem “n” técnicas de SEO, mas vamos nos ater ao Black Hat SEO, que se configura como o abuso de práticas ilícitas para tentar melhorar o posicionamento da sua página no ranking de buscas. É um conjunto de regras consideradas “sujas” pois desconsidera os princípios e recomendações do Google, focando mais nos motores de busca do que em oferecer conteúdos de qualidade para os usuários.

Um texto que identifique melhor a imagem

Em oposição ao Black Hat SEO, existe o White Hat SEO, que são as boas práticas para produção de conteúdo de sites e que são dominadas por agências de conteúdo. Para cada boa prática geralmente existe uma versão Black Hat dela, sendo as mais conhecidas (que você deve evitar):

  • keyword stuffing (recheio de palavras-chave);
  • texto escondido;
  • links escondidos;
  • doorway pages (páginas de entrada);
  • cloaked pages (páginas camufladas);
  • link farming (cultivo de links);
  • spam em comentários de blog;
  • comprar links;
  • troca de links;
  • SEO Negativo;
  • entre outras.

Por que é preciso cuidar com o Black Hat SEO?

Como as técnicas Black Hat SEO não focam em entregar conteúdos de qualidade para usuários, elas acabam sendo penalizadas pelos mecanismos de busca — sua página pode não aparecer entre as primeiras e há chance de sua página ser banida dos buscadores devido ao mau uso de SEO.

Mesmo que você esteja fazendo uso dessas técnicas por desconhecer as White Hat SEO, isso ainda poderá acontecer. Por isso, para conquistar a confiança de seu público-alvo é essencial produzir conteúdo de qualidade, evitando atalhos e seguindo as boas recomendações.

Caso você ainda não conheça sobre produção de conteúdos digitais e precise de orientações sobre como começar a alavancar sua marca na web, vale a pena investir recursos em uma agência de conteúdo. Elas têm o knowhow necessário para fazer bom uso de SEO e melhorar o ranqueamento de sua página, gerando autoridade de forma eficiente e limpa.

Quer saber mais sobre como uma agência de conteúdo pode te ajudar a melhorar seu ranqueamento nos mecanismos de busca e evitar métodos black hat SEO? Entre em contato e conheça a gente, da Agência Mateada!